Sobre Nós

♦♦º♦♦

ACADEMIA DE PESCAS E CIÊNCIAS DO MAR DO NAMIBE

História

Criada pelo despacho presidencial nº 63/19 de 18 de Maio de 2016, como instituto do ensino superior, e inaugurada aos 17 de julho de 2017, a APCMN tem como missåo o desenvolvimento de ensino, investigação científica e prestação de serviço a comunidade, através da promoção, difusão, criação, transmissão da ciência e cultura, bem como a promoção e realização de investigação científica nos domínios das pescas.

Em função do alto potencial do país a nível das pescas, construiu-se a APCMN para fomentar o desenvolvimento socioecónomico e formar quadros capazes de responder aos desafios do país.

Actualmente a APCMN conta com um corpo docente constituido de doutores, mestres e licenciados, professores esses formados em diferentes países como Angola, Argélia, Cuba, Inglaterra, Polónia, Portugal, entre outros. Esta diversificação pode proporcionar um rico ambiente educacional, onde diferentes ideias e visões do mundo podem resultar em excelentes pesquisas científicas e metodologias de ensino e aprendizagem mais eficazes.

Missão

O desenvolvimento de actividades de ensino, investigação científica e prestação de serviços a comunidade, através da promoção, difusão, criação, transmissão da ciência e cultura, bem como a promoção e realização de investigação cientifica, nos domínios das pescas.


Visão

Formar técnicos superiores com qualidade e de excelência através de um ensino inovador, competente e culturalmente digno.


Valores

• Responsabilidade social como compromisso de participação na resolução dos problemas da sociedade, valorizando os indivíduos;
• O respeito e rigor na base da formação intelecual da comunidade académica;
• Promoção dos valores éticos e morais do rigor intelectual, humildade científica e transparência nos comportamentos e acções;
• Liberdade de criaço científica, cultural e tecnológica, assegurando a pluralidade e livre expressão de orientação e opiniões.

♦♦º♦♦

Membros da Comissão de Gestão

Carmen I. Van-Dúnem S. N. dos Santos
Coordenadora da Comissão de Gestão
Jerónimo Sanchos Mendes Evaristo
Membro da Comissão de Gestão para Área Académica e Vida Estudantil
Domingos Napoleão Machado
Membro da Comissão de Gestão para Área de Infra-estrutura
Nome a denominar
Vice-Reitor para Área Científica
♦♦º♦♦

Mensagem da Coordenadora da Comissão de Gestão

Carmen I. Van-Dúnem S. N. dos Santos

Em 2017, a nossa Instituição foi inaugurada e assim abertas as portas para o conhecimento sobre e de áreas científicas excepcionais! Estamos a falar da introdução no subsistema de ensino superior da oferta de cursos que na altura designavam-se como cursos deficitários e até inexistentes. A oferta formativa da APCMN no primeiro ano recaiu sobre Engenharias: Mecânica Naval; Técnicas de Processamento do Pescado; Navegação, sobre Ciências Sociais com Administração e Gestão, sobre Ciências da Natureza com Recursos Marinhos e por último sobre as Ciências Veterinárias representadas pelo curso em Aquicultura. Em 2018, são adicionadas, ainda, duas ofertas, o curso de Oceanografia e o curso em engenharia eletrotécnica e eletrónica industrial.

A Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe nasce da estratégica governativa voltada para o sector do Mar e fundamentalmente para o desenvolvimento da economia azul. O Ministério das Pescas e do Mar, enquanto órgão auxiliar da Presidência da República, designava a Academia como instrumento de formação de quadros de excelência na categoria do ensino superior, com foco para as profissões marítimas e de pescas sem esquecer as áreas ambientais e sócio económicas.

Efectivamente, esta missão confiada no âmbito da visão do sector reveste-se de grande importância pois estrutura-se em parcerias com outras áreas paralelas que executam políticas para o desenvolvimento da economia do mar.


O sector do Mar, neste contexto, valida a oportunidade da criação de uma estrutura polivalente, cujo desempenho efectivo permite a formação de quadros que as Instituições do ensino superior devem produzir em parceria estreita com a comunidade actuante e consciente ou melhor com os cidadãos participantes no desenvolvimento sustentável do país. E é exatamente esta comunidade angolana que clama por técnicos formados com experiência real do mercado de trabalho este que identifica-se com condições extremas de trabalho e no trabalho como são as profissões marítimas.

Os cursos ministrados nesta Instituicao são em última instância desafiadores mas também motivadores na perspectiva da ligação com os oceanos, palco da economia azul, mas também pelo potencial desconhecido que eles representam. Por outro lado, a agenda estratégica para estes primeiros anos organiza-se a nível da investigação científica e da ligação à comunidade paradigmas essenciais ao contexto da Universidade. Os pilares Ensino, Investigação e Extensão constituem a estrada do sucesso que teremos de percorrer com cautela mas serenidade. Caros Senhores, minhas Senhoras, dignos estudantes.

A Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe, forma profissionais de excelência e com consciência no desenvolvimento do país, valores imprescindíveis nos dias de hoje! Venha e nós mostramos!

Sejam bem-vindos!